3 motivos para você não deixar o inventário para depois - a bola de neve pode virar uma avalanche




Quando o inventário não é realizado, os bens do falecido ficam em situação irregular o que impede, por exemplo, a venda do imóvel.


Assim, quando você quiser vender o imóvel, terá que antes fazer o inventário e pode perder a venda porque o comprador não irá esperar a regularização da propriedade.


Os 3 motivos que levam o inventário a virar uma bola de neve ao longo do tempo são:



  1. Levantamento de Documentos

Com o passar do tempo, fica mais difícil levantar documentos que à época do inventário seriam facilmente localizados



2. Complexidade com herdeiros


Mesmo que os herdeiros tenham feito um acordo sobre como será a divisão, sem o inventário não será possível regularizar a titularidade dos bens. A medida que os anos passam, herdeiros podem falecer e o procedimento do inventário que seria mais simples acaba se tornando complexo porque envolve a participação dos filhos do herdeiro original.



3. Aumento dos custos para transmissão


Isso porque o não pagamento do imposto de transmissão só vai fazer aumentar o custo do inventário com a incidência de juros e multa.



Esses são apenas algumas complexidades que aumentam com o passar do tempo ao não realizar o inventário.


Por isso é importante parar de procrastinar e já resolver essa pendência de forma a evitar problemas para o futuro.


#inventario #herança #planejamentosucessorio #direitosucessorio #dominguezadvocacia



Recent Posts

Archive